farolipse do sol

You did not specify a return url in the settings
You did not specify a price in the shortcode

Farolipse do sol, um fenómeno comum para quem se posiciona no local certo.

À ocultação do sol pelos astros dá-se o nome de eclipse. Como este fenómeno não está descrito nos cadernos de astronomia, decidi chamar-lhe farolipse. O farol que oculta o sol, mas como tenho ensaios destes com outras coisas, aos restantes vou classificá-los de coisalipses.

Registo com perto de dois anos efetuado em Leça da Palmeira, perto da Casa de Chá da Boa Nova.

mutações

You did not specify a return url in the settings
You did not specify a price in the shortcode

A fotografia leva a criatividade onde queremos e uma das muitas coisas onde ela pode interferir é na exposição, onde se pode manipular o tempo, dando origem a mutações temporais; Fazer a noite parecer dia e o dia parecer noite. Nada que não se possa obter com recurso a software. Mas quando se leva a fotografia a sério, o resultado tem que ser obtido de imediato, onde as opções tem que ser pensadas no momento do registo. O que o software pode fazer é dar alguns ajustes em alguns níveis.

Existem condições que devem ser reunidas para que alguns resultados sejam melhores. Foi o caso destes registos, obtidos entre as 0:30 e a 1:00, com a ajuda da luz indireta do sol refletida na lua.

desenhar com a luz

You did not specify a return url in the settings
You did not specify a price in the shortcode

Por muito que nos possamos alhear, fotografia é luz, luz com que se desenha e que quem sente a fotografia procura ir para além do convencional. Pegar numa câmara fotográfica e impor a forma como a luz é registada e converter a luz captada em imagens que não se conseguem ver de forma natural. É neste momento que a fotografia se transforma em arte, onde esta orquídea é moldada de forma que a sua forma deixa de ser clara para clarificar contornos de luz que a evidência do sol permite desenhar.