antes do mar

Antes do mar, o sol passa pelo rio, entre árvores e arbustos, esgueirado por entre nuvens, num peculiar laranja que das macieiras não brota, nem de laranjeiras frutifica, todos os dias do ano, mesmo que nuvens densas se entre ponham! O rio não sendo meu é Minho, recortando a geologia do norte em grandes lanhos fendidos de uma terra de nome Lanhelas. Esse Sol que não é solido, mas ido será esse Sol, essa bola de plasma incandescente que irradia tanta luz, contrasta com a água em suaves reflexos de tons laranja e negro.

 DSC_1205a

#lobo do mar

Lobo do mar ou lobo solitário! Um dia de treino para preparação de provas de mar. Ainda em águas fluviais e sem conhecer o seu destino, o lobo do mar dirige-se em direcção ao mar alto, onde águas agitadas contrastam com a serenidade do rio.

TMA_7785

#azul da cor do pôr do sol

O azul segue o pôr do sol, de tom alaranjado da cor do sol poente. Segue a luz dourada, refletida nas águas tremulas do Rio Minho onde barcos flutuam, barrando a distante Foz do Rio. É esta uma das visões que o Minho oferece a quem consegue contemplar as horas mágicas, onde a luz se exibe num bailado de cor.

TMA_7048