Ambos são centrais

Da periferia para o centro, ambos são centrais, os métodos de registo de longa exposição, uns obtidos por efeito de zooming e outro pela rotação do equipamento. Nos dois casos produzem-se imagens abstratas. Dois dos registos são no Campo e Igreja da Senhora D'Agonia e outro é da Igreja de São Domingos, ambos executados em maio de 2015.

arrastado para o abstrato

De arrasto em arrasto, arrastado para o abstrato, é o trato que é dado, a quem abstraído fica neste enquadrado retrato. São ruas abstraídas, com pessoas distraídas que em anonimato são mantidas! Pedaços de uma cidade, todos os dias calcados por pessoas bem vividas. São simples os anónimos que passam, entre pessoas ilustres, que com arrasto ilustrado, mesmo pessoas notáveis, à sombra do abstrato, ficam simples seres humanos, que...

Atração pela abstração

A fotografia pode ser realista e na maioria dos registos, mesmo em representação abstratas, usam-se formas realistas para produzir fotografias abstratas. Mas a atração pela abstração é superior pode gerar registo instantâneos convertendo o real em abstração com recurso a longas exposições, produzindo arrasto. Neste registo, o arrasto foi obtido com efeito de rotação, com foco no elemento humano. Apesar da abstração e da não...

Na senda das máquinas

A indústria tem fabricado equipamentos de diversas dimensões e diversas potências para obras de engenharia civil, e na senda das máquinas, aqui fica disponível mais um registo de uma escavadora, este executado em maio de 2015, durante uma obra de requalificação urbana, na cidade de Viana do Castelo, mais propriamente na Rua de Viana.

Assunto pendente

Assunto pendente porque o que conta na fotografia é o assunto. Ele determina a narrativa da composição. Mas assunto pendente porquê? A razão é simples! O elementos de destaque na composição são pendentes constituídos por argolas de cartolina! Trata-se de uma decoração à entrada da Rua Grande em Viana do Castelo em maio de 2015.

Prémio Estação Imagem e sua sexta edição

Em 2015, 1º ano do Prémio Estação Imagem e sua sexta edição em Viana do Castelo, da organização Estação Imagem, associação sem fins lucrativos, que vem desde 2010 a atribuir anualmente vários prémios, bem como bolsas, a fotojornalistas que desenvolvam trabalhos de reportagem fotográfica. É um prémio a que se podem candidatar fotojornalistas portugueses, dos PALOP e da Galiza. Está aberto também a estrangeiros residentes nas...

Powered By WordPress | Music Artist