arrastado para o abstrato

Anónimos caminhante, num arrasto vertical

De arrasto em arrasto, arrastado para o abstrato, é o trato que é dado, a quem abstraído fica neste enquadrado retrato. São ruas abstraídas, com pessoas distraídas que em anonimato são mantidas! Pedaços de uma cidade, todos os dias calcados por pessoas bem vividas. São simples os anónimos que passam, entre pessoas ilustres, que com arrasto ilustrado, mesmo pessoas notáveis, à sombra do abstrato, ficam simples seres humanos, que mesmo que tenham uns manos, ficam todos iguais.

Iguais entre iguais e outra pessoas que tais!

Sei que não sou escritor e por isso a minha dor! Faça-se por isso jus, por que sou desenhador, desenho com transferidor e até com muita luz!

De regresso à fotografia, estes são registos de ensaios com luz e longa exposição com recurso a vários métodos de arrasto, pelas ruas de Viana do Castelo, em maio de 2015.

Advertisements

Deixe mensagem (Leave a Reply)

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Powered By WordPress | Music Artist