Em busca da lua nova

É ciclico, já todos sabemos! Repete-se, também sabemos! Ocorre quase uma vez por mês! Não é o que estão a pensar, mas ocorre! Fascina muita gente! Também sabemos e também sabemos que fascina mais quando se trata de estar cheia! Mas é claro que a gula obriga à mania das grandezas e por isso todos se preocupam de a contempla cheia! Por isso, em contra corrente, a mingua da lua em quarto minguante, em busca da lua nova, nova lua que quase não se vê, heis que ela aparece numa imagem quase horizontal por um curto espaço de tempo, próxima do sol nascente. É uma exibição de curta duração e alguns minutos antes do amanhecer.

Aqui fica um segundo registo, que o tempo permitiu, para memória futura e no futuro recordar as memórias do passado, em busca da lua nova, que de nova nada tem por ter cerca de 4,5 mil milhões de anos.