Proximidade de bauhütte

Na composição fotográfica muito se fala das regras de enquadramento. Quando se desenvolvem estudos, essas regras evoluem para uma consistência da organização da composição muito ligada a uma determinada geometria com proporcionalidade, tornando a fotografia paradigmática. No entanto as coisas podem evoluir para a regra libertadora do preconceito, onde os pressupostos teóricos deixam de existir para dar lugar aos pressupostos empíricos que condicionam a forma de pensar e observar o que nos envolve.

Neste contexto, depois do reenquadramento empírico dos elementos da composição foi feita a análise segundo a geometria da formação do ponto de bauhütte. Assim, sem pré determinação, estabelece-se uma proximidade de bauhütte, onde linhas e pontos parecem fazer parte da composição, dando a ideia que aquele olhar fortuito que produziu a imagem teria organizado a disposição dos elementos.

NIKON D780

Fujifilm X100V

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.