scanner fotográfico

Uma longa exposição permite aos fotógrafos, no processo de light painting,  registar a passagem da luz como se fosse um rasto perpetuado no tempo. À luz condicionada pelo direcionamento exato, como é o caso do raio laser, os resultados obtidos podem ir além do real. O convencional pode ser transformando de realidade em abstrato.

Com um feixe de luz lazer linear, podemos obter um efeito de scanner fotográfico com coisas ou seres em movimento.

Ao realizar experiencias académicas, executada com os alunos do curso de Técnico de Fotografia – 10º Ano, da Unidade de Formação de Vila Nova de Cerveira, da ETAP – Escola Profissional, no conjunto da câmara fotográfica e do emissor laser, obtem-se como que de um scanner fotográfico se tratasse no processo de longa exposição.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.