#ensaio sobre a luz

Bem, a luz é importante, mas se não houver bosta nenhuma não há fotografia para ninguém porque a dita cuja tem que bater em alguma coisa, animada ou inanimada para reflectir e chegar à câmara escura! Foi o caso desta “inanimação” que originou este registo.

Quando me dizem que já fotografaram tudo num local, pergunto-me se por acaso percorreram cada metro desse local e de já exploraram todas as possibilidades de luz que variam durante o ano e com diferentes equipamentos. São talvez dezenas de registos feitos deste local e cada vez que o faço é com o mesmo prazer dos anteriores. Há sempre qualquer coisa que pode variar e se não for mais, a forma como desejamos ver o registo.

TMA_0936

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.