#viana do castelo

Viana do Castelo é mais ou menos bela aos olhos dos que a vêem. Cada um gosta como gosta.

Para mim, gostar de Viana é poder vê-la pelos desenhos de luz que posso obter dela. Mostra-la de forma diferente para que todos possam encontrar detalhes de uma beleza oculta. Por isso, e ao contrário do que muitos possam pensar, continuo a desenhar, mas agora mais com a luz, de forma a recriar o que outros criaram; De forma a conceber  sobre o conceito dos outros; De forma a descobrir conceitos onde outros foram incapazes de implementar; De forma a melhorar o que idiotas pensaram que estavam criar; De forma a redesenhar com a luz.

Viana do Castelo, Princesa do Lima, é uma cidade voltada para a luz, como pode ser cientificamente comprovado pela localização geográfica. Recebe o sol nascente, vive iluminada pelo sol e despede-se do sol poente.

You did not specify a return url in the settings
You did not specify a price in the shortcode

#nova espécie

Na pacata cidade de Viana do Castelo foi avistado um ser alienígena, não identificado nos cardápios de espécies identificadas pela ciência, semi extra terrestre, por ter apenas um membro pousado no chão e que mais se assemelhava a um pé, deslocava-se de forma pacifica pelo areal de uma praia fluvial. O estranho ser de tom escuro e de corpo ovaloide não apresentava qualquer ameaça, aparentando desconhecer a perigosidade da espécie humana que por onde passa destrói o que há de bom para deixar rastos de aparente bem feitoria!

Como todos os extraterrestres que já visitaram o nosso planeta, irá regressar ao seu universo para tentar esquecer uma civilização tão má como nunca viu!

Caso fizesse uma pequena ideia do que iria encontrar, talvez nunca tivesse pousado cá os aparentados pés!

ABR_7269

natureza falica 02

Natureza fálica - Flor do musgo
Natureza fálica – Flor do musgo

A fotografia macro mostra um mundo que ao comum olhar de pouco vale, mas quando se procura chegar ao pequeno mundo, vêem-se detalhes de um mundo fascinante, como é o caso desta fotografia a que lhe dei o nome de natureza fálica que resulta da forma fálica desta flor de musgo.