Elefante branco

Anos e anos de polémica, politica, injustiça e aproveitamento. Este é o elefante branco que mais parece um hipopótamo enrolado na lama do tempo. Uma aberração urbanística e referência nas escolas internacionais de arquitectura sobre o que não se deve fazer nas intervenções de urbanização. No entanto ele continua lá e apesar da aberrante implantação, tem algo de positivo que alguns fotógrafos desfrutam ao fotografarem de algumas perspectivas. Não é o caso deste registo, de má qualidade como a má qualidade urbana do edifício, mas ele continua lá na sua afirmação presencial e icónica para a cidade, deste que se chama Edifício Jardim, mais conhecido por Prédio do Coutinho! Será que no dia em que se efectivar a sua demolição não nascerá o movimento saudosista de quem durante mais de quarenta anos se habituou a observa-lo e enquadrá-lo no não enquadramento. Mas esperemos para ver e conto ver essa mudança nos anos que ainda tenho para viver e que a intervenção dignifique o local.
Mas lanço uma questão que nunca é ressalvada sobre a autoria desta aberração: – Quem foi o arquitecto que tal marca deixou na cidade!
Por muito que procurasse, não encontrei! Mas errar é humano, mas só para alguns!

Mas volvidos alguns anos, na revisão do dia 2 de setembro de 2020, quase nove anos volvidos, devolvo a pesquisa e acabo por encontrar o arquitecto que projectou o alvo da polémica, de seu nome, Eduardo Coimbra de Brito.

Mas de tanta agitação, de tanta responsabilização do que de mal se faz na arquitectura, da responsabilidade dos “patos bravos”, quase que pensei que tal projecto seria de um deles, e para meu espanto verifico o contrário.

E por aqui me fico porque se continuar a dissertar, muito mais poderá ser dito, porque tenho cérebro para pensar que nem toda a regra é para ser seguida, dando azo à imaginação e cada um possa dar o seu cunho e inovar, criar, inventar e outras coisas com ar, evitando que os arquitectos produzam obras diferentes, ao contrário dos projectos que são réplicas dos intitulados de génios da arquitectura.

Prédio do Coutinho ou Edifício Jardim
Elefante branco, o Prédio do Coutinho ou Edifício Jardim da autoria do arquitecto Eduardo Coimbra de Brito

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.